Política

Moisés anuncia retomada das obras de duplicação da BR-280

Foto: Isandro Fiamoncini

Flávio José Brugnago

Flávio José Brugnago é Editor chefe do JDV e na bagagem carrega mais de 40 anos de profissão. 

<p>Governador Carlos Mois&eacute;s da Silva realizou ontem a primeira visita oficial &agrave; regi&atilde;o onde assinou importantes atos administrativos. Foto: Isandro Fiamoncini</p>

O governador Carlos Moisés da Silva cumpriu na tarde de ontem agenda administrativa em Guaramirim e Jaraguá do Sul, acompanhado dos secretários Douglas Borba, da Casa Civil, João Batista Cordeiro Júnior, da Defesa Civil e de Lucas Esmeraldino, do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, além de Carlos Hassler, da Infraestrutura e Mobilidade.

O primeiro ato foi cumprido em Guaramirim, onde o governador viu de perto os estragos causados pelas chuvas de fevereiro e que provocou a queda de barreira na Vila Amizade, SC-108. No entanto, a ordem de serviço para a execução da obra foi assinada mais tarde no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul com a empresa ETEC Construção e Terraplenagem, no valor de R$ 2 milhões 155 mil e 625 reais.

Também anunciou o reinício das obras de duplicação dos 9,34 km da BR-280, trecho urbano desde a Ponte do Portal até o entroncamento com a Rodovia do Arroz, a ser executado pela Infrasul, vencedora da licitação. Outro momento foi a assinatura da autorização para a licitação destinada a compra de um radar meteorológico da Banda X a ser instalado no Morro Boa Vista.

É chamado de Radar Meteorológico Litoral Norte, com investimentos previstos de R$ 5,5 milhões e que terá raio de abrangência sobre uma população de 1,4 milhão de pessoas. Todos os três documentos foram assinados digitalmente pelo governador e respectivos secretários das áreas específicas.

Também foi garantido o pagamento de emenda de R$ 800 mil do deputado Vicente Caropreso para a construção de uma estação de tiro olímpico na região do Rio Cerro, já visando a realização em 2020 dos 60º Jogos Abertos de Santa Catarina, em Jaraguá do Sul.

Falaram na ocasião o presidente da Acijs e do Centro Empresarial, Anselmo Ramos, mais o presidente da Amvali Sésar Tassi, o deputado Vicente Caropreso, o deputado federal Fábio Schiochet e o prefeito Antídio Lunelli, que antecedeu o governador.

Por fim, Carlos Moisés fez o discurso, destacando que a morosidade para o ajuste das obras na SC-108, em Guaramirim, se deu por questões burocráticas e pela necessidade de se fazer uma obra de qualidade e perene. Fez também outras considerações acerca dos atos que praticou no dia.

Programação na cidade incluiu também visitas a Weg e São José

Antes do encontro no Centro Empresarial, que reuniu todos os prefeitos do Vale do Itapocu, vereadores e lideranças políticas e empresariais, a comitiva do governador visitou a Weg. Depois recebeu a imprensa para uma coletiva e seguiu para o Hospital São José, onde conheceu as instalações da casa de saúde que é referência nas especialidades em que atua. O governador participou, posteriormente, de um jantar restrito, pernoitou em Jaraguá do Sul e nesta terça-feira, às 9h, estará no Centro de Inovação, onde deve liberar uma verba de R$ 180 mil pendente que o Estado não havia repassado.

 

 

 

 

Notas

Formigas atacam árvores recém-plantadas e Kassner volta a cobrar Plano de Arborização

O vereador Anderson Kassner (PP), na sessão desta terça-feira (19), mostrou fotos de pés de Extremosa recentemente plantados na Rua Feliciano Bortolini no bairro Barra do Rio Cerro. Porém ele adverte que o plantio foi realizado sem planejamento e, por conta disso, as árvores foram atacadas por formigas. “Dinheiro jogado fora”, adverte.

Kassner afirma que é preciso que a Prefeitura de Jaraguá do Sul elabore o mais rápido possível o Plano de Arborização para determinar onde, quando e o que pode ser plantado. O vereador também alertou que outras árvores foram atacadas em vários pontos da cidade, como no Parque Tecnológico no bairro Três Rios do Sul onde mais de 40 pés de Manacás sofreram com a ação das formigas.

Kassner ainda reforça que é preciso também contratar uma empresa para cuidar dessas árvores, para que elas não estraguem e o município não tenha que ficar reinvestindo e desperdiçando recursos com o replantio del

Samae implanta ramal de esgoto na Rua José Narloch - O Samae iniciou ontem (18), mais uma obra para de implantação de rede de coleta com o objetivo de cumprir a meta de atingir os 90% de tratamento de esgoto sanitário no município em 2020. A implantação da rede e os ramais que ligam às residências na Rua José Narloch vai acontecer por um período de aproximadamente duas semanas – dependendo das condições climáticas –, num trecho de 800 metros entre as Ruas Afonso Benjamin Barbi e Dorval Marcatto. As intervenções devem ser no horário das 7h30 às 17h, período em que o trânsito fluirá em meia pista. Motoristas poderão utilizar desvios pelas Ruas Francisco Hruschka e Adelina Klein Ehlert. Após a conclusão das obras, a rua será repavimentada pela Prefeitura.

Prefeitura vai adquirir novo lote de estufas à agricultura familiar - A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento, por meio do Fundo Municipal de Incentivo ao Desenvolvimento Rural e Agricultura, lançou edital para registro de preços para seleção de propostas à aquisição de conjuntos de abrigos para produção agrícola (estufas) ao longo de 12 meses, destinados para incentivo à agricultura familiar de Jaraguá do Sul. Os envelopes com a documentação e as propostas devem ser entregues até o dia 27 de novembro. O valor máximo do orçamento é R$ 401.950,00. O Município vai adquirir várias unidades de abrigo para produção agrícola, com tamanhos diferentes e sistema de gotejamento para os canteiros, inclusive a cobertura. É o chamado cultivo protegido. Lançado em 2017, o Projeto Cinturão Verde é dividido em etapas. Já foram entregues estufas em 2018 e 2019 de tamanhos variados. Os participantes recebem capacitação, orientação e assistência técnica quanto a questão do plantio, do cultivo e a colheita. E também a organização do grupo de produtores.

Eleitos, Machado e Demarchi vão dirigir o IFSC Centro e Rau - O professor José Roberto Machado foi eleito diretor-geral do Campus Jaraguá do Sul-Centro. O novo diretor teve 419 votos de alunos, 17 votos de técnicos-administrativos e 37 de docentes, conquistando 52,82% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou o candidato Élson Quil Cardozo, que somou 121 votos discentes, 24 votos de técnicos e 11 professores, alcançando 29,58% dos votos válidos. Servidores e estudantes participaram da votação realizada na quarta-feira, dia 13 de novembro. No IFSC Campus Rau, o candidato Delcio Luís Demarchi foi eleito o diretor-geral obtendo 57 votos de alunos, 23 votos de técnico-administrativos e 28 de docentes, conquistando 37,01% dos votos válidos. Por uma margem bastante pequena ele ficou à frente do candidato Gerson Ulbricht, que somou 39 votos discentes, 12 votos de técnicos e 26 professores, alcançando 36,90% dos votos. O resultado oficial foi divulgado na página oficial das eleições. A homologação do resultado deverá ocorrer no dia 16 de dezembro. A homologação é dada pelo Conselho Superior do IFSC. O mandato deverá iniciar em abril de 2020

Vereador defende grupo de brigadistas para escolas e creches - A necessidade de mais atenção quanto à segurança nas Escolas e Centros de Educação Infantil, no que se refere à prevenção de incêndios e outras possíveis ocorrências semelhantes, foi levantada na Câmara. Gruner mencionou a possibilidade de organização de um trabalho com medidas preventivas nas unidades educacionais. “Em caso de incêndio em uma escola, que atitudes devem ser tomadas pelos professores? Temos que criar mecanismos para que as pessoas possam ficar seguras”, ponderou, acrescentando que vai encaminhar ao Executivo uma indicação, com minuta de projeto, para criação de grupo de brigadistas para atender escolas com trabalhos de orientação e simulados de ocorrências. “A prevenção é a melhor arma”, alertou. Segundo Gruner o assunto foi debatido durante uma reunião com munícipes, em seu gabinete.

Agenda

Ver todos