Geral

Estações de Tratamento de Esgoto receberão melhorias em 2020

Foto: Divulgação

Em 2020, o Samae fará investimentos importantes na adequação das Estações de Tratamento de Esgoto localizadas nos bairros Água Verde, Ilha da Figueira e Nereu Ramos. A informação é do presidente da autarquia, Ademir Izidoro, afirmando que as ações fazem parte do planejamento estratégico do Samae e estão previstas no Plano Municipal de Saneamento Básico, estimando que aproximadamente R$ 13 milhões sejam necessários somente para a modernização da ETE Água Verde. De acordo com ele, o sistema será atualizado e a capacidade de tratamento será ampliada. “Esta é a primeira estação de tratamento de esgoto de Jaraguá do Sul e não comporta mais a demanda, já que aquela região cresceu muito nos últimos anos. A estação está operando no limite”, explica.

A ETE Água Verde está localizada na BR 280, e trata o esgoto sanitário gerado por uma população de aproximadamente 35 mil habitantes. Com os investimentos previstos, a capacidade de tratamento será dobrada. No local, serão construídos dois novos reatores, para tratar até oito mil metros cúbicos de esgoto sanitário por dia. Serão dois tanques fabricados em aço vitrificado e instalados numa área que já está sendo preparada para receber essas estruturas.

Além da construção dos tanques, está sendo preparado o local que receberá a sala de sopradores, que são os equipamentos que fazem a injeção de ar nos reatores através dos sistema de difusores de ar de microbolhas para a depuração do esgoto sanitário bruto, tornando-o apto para ser devolvido tratado ao rio. Outras obras complementares também já estão sendo providenciadas como é o caso da subestação de energia elétrica, implantação da automação do sistema e unidade para remoção de resíduos sólidos, como areia e gordura.

Ademir Izidoro explica ainda que, com esta adequação, muda também a concepção tecnológica do processo de tratamento de esgoto na ETE Água Verde. “Vamos deixar de usar o sistema antigo, que é mais vulnerável à emanação de odores e utilizar tecnologia mais avançada”, explica, acrescentando que o sistema de tratamento será o mesmo já utilizado na ETE São Luís, a mais recente unidade construída em Jaraguá do Sul.

No Bairro Ilha da Figueira, o Samae avalia a possibilidade de construção de uma nova estação de tratamento de esgoto, dado o crescimento demográfico da região atendida pela atual unidade, localizada na Rua Via Verde e que trata esgoto de 35 mil habitantes, atualmente.

Trata-se de uma ETE com quase 20 anos de uso e que, segundo Ademir Izidoro, precisa ser modernizada. “É uma ETE em estado de depreciação e cujo terreno não permite que façamos uma adequação e ampliação da unidade”, resume, acrescentando que a intenção é utilizar a mesma tecnologia já empregada na ETE São Luís e que está sendo implementada na ETE Água Verde. “Teremos um aproveitamento técnico mais eficiente com o fato das estações utilizarem a mesma forma de tratamento de esgoto”, estima o presidente. Outra justificativa é o planejamento estratégico para o futuro do tratamento de esgoto dos bairros Santa Luzia, João Pessoa, Vieira e Centenário. Esta nova estação será dimensionada para receber e tratar o esgoto sanitário gerado pelos moradores destes bairros, que ainda não possuem redes coletoras.

Com a modernização da ETE Água Verde, será possível melhorar a estrutura da ETE Nereu Ramos, segundo informa Izidoro, pois assim que os novos reatores entrarem em funcionamento na unidade do Água Verde, será iniciado o processo de desmontagem do tanque de 800 metros cúbicos que está em operação atualmente. Esta estrutura será remontada em Nereu Ramos, aumentando em 150% a capacidade de tratamento de esgoto daquela unidade que hoje trata até 1.000 metros cúbicos por dia.

O presidente do Samae ressalta que, ao mesmo tempo, existem mais de 500 quilômetros de redes coletoras de esgoto no perímetro urbano de Jaraguá do Sul e que muitas destas redes já possuem mais de 20 anos de uso. “Algumas precisam ser substituídas, outras precisam ser ampliadas porque as regiões cresceram muito nos últimos anos e a tubulação quase não consegue mais dar conta da demanda”, finaliza.

Izidoro lembra que o Samae vai atingir em breve o índice de 90% de tratamento de esgoto no município, que é considerado um dos melhores índices do Brasil, bem acima da média do país. De acordo com o planejamento estratégico da autarquia, a meta é chegar a 100%, coletando, afastando e tratando o esgoto sanitário.

Notas

Regularização do Simples Nacional termina no dia 31 - Quem foi excluído do SN em 2019 têm até 31.01 para regularizar as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a RF ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O prazo também se aplica aos empresários interessados em aderir ao regime pela primeira vez. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano. Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio. Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível), desde que não tenham decorridos 180 dias da data de abertura constante do CNPJ (para empresas abertas até 31/12/2019) ou 60 dias (para empresas abertas a partir de 01/01/2020). A adesão será exclusivamente pela internet, por meio do Portal do SN.

Fundador da Condor na plenária da CDL de janeiro - A primeira plenária mensal da Câmara de Dirigentes Lojistas está marcada para o dia 31, a partir das 12h15min, no Clube Atlético Baependi. A entidade recebe o fundador da Rede Condor Hipermercados, Joanir Zonta, que inaugurou moderna loja em 2019, na Vila Lenzi. Ele participa do quadro ‘Varejando’, espaço dedicado ao compartilhamento de boas práticas de varejo. Além disso, a reunião ainda conta com o lançamento do segundo ciclo do programa de mentoria da CDL e terá explicação sobre o PIT (Programa de Iniciação ao Trabalho). O encontro é destinado a associados, que podem confirmar presença pelo e-mail [email protected] ou pelo (47) 3275-7070.

Estudantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte

A partir desta quinta-feira (16/1), os estudantes de cursos do ensino superior ou nível médio profissionalizantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte para o primeiro semestre de 2020, que prevê o auxílio de até 100% no transporte escolar. O prazo para a inscrição é até 16 de fevereiro para bolsas de 100% ou 75% e até 31 de maio para 50%.

Para ter acesso ao programa é preciso fazer a inscrição através do site http://sistema.portalave.com.br/universitário, através do simulador de cálculos e envio de documentos (conforme edital disponível no site do município

Dico e Celestino dividirão presidência da Câmara este ano

Jaraguá do Sul - Desde o dia 1º de janeiro, Isair Moser, o Dico, do PSDB, é o presidente da Câmara de Vereadores. Ele recebeu nove votos contra dois para Ademar Winter, que votou em si e recebeu também de Rogério Jung, do MDB. O vice-presidente é Eugênio José Juraszek (PP), 1º secretário Celestino Klinkoski (PP) e 2º secretário Ronaldo Magal de Souza (PSD).

A eleição de Moser seguiu acordo firmado em 2016, após a eleição municipal. Em 2017 o presidente foi Pedro Garcia, em 2018 Anderson Kassner e no ano passado, Marcelindo Carlos Gruner, que se despediu no dia 31 de dezembro.

Estrutura da Secretaria de Educação muda de endereço-A Secretaria de Educação de Guaramirim está agora atendendo junto à Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, localizado na Rua Irineu Vilela Veiga, 222, Centro. O telefone de contato é 3373-3397. A mudança ocorreu pelo fato de que em 2020 inicia a construção da nova estrutura da Escola Municipal de Educação Fundamental Dorvalino Felipe e, neste período, os alunos serão realocados para estudar no prédio da Secretaria de Educação, na Rua 28 de Agosto. A decisão de levar a Educação para atender no mesmo local do Desenvolvimento Social é para otimizar o espaço e economizar com aluguel. Com isso, a Defesa Civil e os Bombeiros Militares, que antes utilizavam salas na Secretaria de Desenvolvimento Social passaram a atender junto à Fundação Cultural.

Agenda

Ver todos