Cultura

Entidades étnicas são lembradas em sessão solene do Legislativo

Foto: FJBrugnago

Um concorrido evento marcou na noite de terça-feira (23) a homenagem ao Dia da Colonização, com sessão solene da Câmara de Vereadores em que foram homenageadas as entidades étnicas que mantêm vivas as tradições das cinco principais etnias que colonizaram Jaraguá do Sul: afrodescendentes, italianos, alemães, húngaros e poloneses. Foi uma forma de reconhecimento ao trabalho dos grupos para a manutenção da história e da cultura destes povos.

O Dia da Colonização foi instituído em 2015 e é comemorado no mês do aniversário da cidade. O Acústico a Três fez o acompanhamento musical do evento. Cada etnia teve um vídeo com alguns registros da sua história e realizações. Os afrodescendentes foram os primeiros a chegar em Jaraguá do Sul. Vieram com Coronel Emílio Carlos Jourdan. Em 1890, chegaram os italianos e os alemães. Em 1891 os imigrantes húngaros, diretamente da Hungria para cá e, em 1912, foi a vez dos poloneses.

A primeira entidade criada em Jaraguá do Sul foi o Centro Cultural Neue Heimat, em 1988. Na sequência, o Círculo Italiano de Jaraguá do Sul (1991), Liga dos Grupos Folclóricos de Jaraguá do Sul (1993), Associação Húngara de Jaraguá do Sul (1996), Centro de Cultura Alemã (1997), Associazone Bellunesi Nel Mondo Famiglia Jaraguá do Sul (2000), Movimento da Consciência Negra do Vale do Itapocu – Moconevi (2001), Associação da Cultura Polonesa de Jaraguá do Sul (2002), Comunidade Negra de Jaraguá do Sul – Conejas (2004) e Circolo Trentino di Nereu Ramos (2008).

Essas entidades, por meio de seus presidentes e ou representantes receberam uma placa e flores como reconhecimento do Poder Legislativo pela preservação da história, da cultura, das tradições e dos valores trazidos pelos colonizadores e imigrantes.

Preservação da história e dos valores são ressaltados durante a sessão

Heliomar Schwambach, presidente do Centro de Cultura Neue Heimat, a entidade mais antiga entre as homenageadas, frisou os desafios dos colonizadores ao chegarem em Jaraguá do Sul e os avanços conquistados ao longo do tempo. Ao mencionar o trabalho das entidades étnicas, chamou todos os presidentes para estarem ao seu lado no plenário. “Essa noite é muito importante, pois nos permite colocar o que sentimos e porque nós trabalhamos para a manutenção da cultura”.

Cada dirigente dirigiu cumprimento à cidade na língua de origem, representando o seu mosaico cultural. O prefeito Antídio Lunelli, lembrou a sua origem trentina e a importância daqueles que vieram a Jaraguá do Sul desbravar e colonizar as terras, as dificuldades enfrentadas, mas que souberam superá-las. “Somos uma cidade multicultural, somos um único povo que não esquece dos valores trazidos pelos antepassados, seja na gastronomia, na música, nas tradições, no trabalho e também na fé”, citou.

O presidente do Legislativo Municipal, Marcelindo Carlos Gruner, ressaltou a necessidade de preservação da história. “Temos como dever preservar estas diferentes culturas. Passar esses valores de geração em geração. Isso é patrimônio histórico. É olhar para o futuro sem esquecer do passado”, frisou ele. “A nossa história é rica porque pessoas como vocês fazem com que isso aconteça”, completou.

 

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.