Geral

Ato alusivo ao Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual de Crianças acontece no SESI

Foto: Isandro Fiamoncini

Carla Nunes

Carla Nunes é jornalista, cronista e editora do JDV Digital. 

A chuva atrapalhou, mas não calou a voz da Secretaria de Assistência Social e Habitação, que conseguiu realizar o ato alusivo ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nessa sexta-feira (24), às 10 horas, no Bloco F do SESI, em Jaraguá do Sul. O ato estava marcado para acontecer no pátio da prefeitura em Jaraguá do Sul, mas teve que ser remanejado para o SESI, por conta da chuva, que também fez o evento ser adiado no último sábado (18) – instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes –, envolvendo uma caminhada e ações na Praça Ângelo Piazera, mas por causa do mal tempo a data foi transferida.

A gerente de Proteção Social Especial, Maria Andréia, mediou o encontro apresentando números alarmantes sobre os casos de abuso sexual no país e no município, que segundo dados levantados pela OAB/RS 2018, a cada 24 horas 320 crianças e adolescentes são vítimas de abuso no Brasil, o equivalente a quatro crianças por hora. Em Jaraguá, os atendimentos realizados nos Creas revelam que um aumento de 83% no número de casos de violência sexual no município no primeiro trimestre desse ano, comparado à média do mesmo período nos anos de 2017 e 2018. “Nesses dois anos, houve um total de 148 casos, resultando em uma média de seis por mês, enquanto que nos três primeiros meses de 2019 tivemos 34 casos”, explica Maria Andréia.

Além de apresentar os números, a gerente também respondeu questões que envolvem o tema e relembrou o “Caso Aracéli”, no dia 18 de maio de 1973, em Vitória (ES), quando a menina de apenas oito anos foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta da cidade, dando origem a data como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

 Na avaliação da secretária Maria Santin, afirma que a assistência social tem se especializado no atendimento a essas crianças e adolescentes com uma equipe de profissionais, como psicólogos e pedagogos para atender as vítimas, mas cobra mais engajamento da sociedade para uma solução mais efetiva para o problema. “Nós devemos cada vez mais nos unir e buscar uma solução contra esses agressores, pois as leis hoje ainda não são severas”, finaliza.

Com o slogan “Faça bonito – proteja nossas crianças e adolescentes”, os flyers que seriam distribuídos à população durante o evento ao ar livre serão oferecidos nos equipamentos públicos municipais – escolas, postos de saúde, cras, creas – e nas entidades da sociedade civil da rede de assistência e flores de papel serão plantadas na frente da prefeitura, simbolizando cada uma das vítimas de violência sexual no município.    

Notas

Amanhã é dia de cuca na Comunidade Evangélica Luterana da Vila Lenzi, das 6h às 11h. Mais informações e encomendas pelo telefone: (47) 3275-3063.

 

Na tarde desta quarta-feira (11), o deputado federal Carlos Chiodini, junto com o prefeito de Jaraguá do Sul, Antidio Lunelli, e o secretário de Administração do município, Argos Burgardt, se reuniram com o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), André Kuhn, para solicitar a recuperação da malha viária da entrada de Jaraguá do Sul. Para o deputado, a obra estruturante de aproximadamente R$ 2 milhões é de extrema importância e vai melhorar o principal acesso à cidade.

 

Alunas destaques do concurso CDL na Escola são premiadas - A CDL - Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul entregou kits escolares para alunas e professoras vencedoras da etapa municipal do concurso CDL na Escola 2019. A iniciativa é uma parceria com a FCDL (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina), com apoio do Sicoob Cejascred. A aluna vencedora na categoria Redação foi Monize Eger D' Oliveira, do 9º ano da Escola Alberto Bauer, com apoio da professora Salete Miriam Coelho. Já na categoria Desenho, quem ganhou o prêmio foi Júlia Vicentin Pereira, do 4º ano da Escola Anna Töwe Nagel, com apoio da professora Andréia J. Renta. Além da premiação com os kits enviados pela FCDL, as alunas e professoras ganharam tablets doados pelo Sicoob Cejascred.

Centro de Especialidades Odontológicas terá um novo local - Está assegurado o valor de R$ 710 mil para reforço do orçamento do Fundo Municipal de Saúde para atender despesas com a implantação do Centro de Especialidades Odontológicas, no bairro Vila Lenzi. A iniciativa objetiva ampliar e manter a oferta física da rede de atendimento individual em especialidades odontológicas disponibilizando à comunidade maior acesso aos serviços de saúde. O crédito especial decorre da necessidade de se promover a desapropriação de imóvel para a implantação do Centro de Especialidades Odontológicas. O CEO sairá do Centro Vida, onde está instalado em local acanhado para o tamanho da demanda, para um espaço próprio próximo a unidade básica de saúde da Vila Lenzi.

Jogos Abertos provocam mudanças no calendário escolar 2020 - O vereador e professor Arlindo Rincos manifestou a sua preocupação em relação ao calendário escolar de 2020, em conversa com a secretária da Educação, Ivana Atanásio Dias. Devido à realização dos 60ºs Jogos Abertos de Santa Catarina, as férias do meio do ano foram alteradas para novembro, mês de realização do evento poliesportivo em Jaraguá do Sul. A preocupação, segundo disse, se deve ao cansaço e o desgaste que as crianças vão ter com um período tão longo de aulas. Ele também afirmou que os pais contam com as férias no meio do ano para programar viagens e folgas nas empresas onde trabalham. Segundo o parlamentar, as férias do final do ano também serão prejudicadas, já que o período letivo vai se estender até o dia 23 de dezembro. Devido aos Jasc, as escolas vão servir de alojamento aos atletas que virão de todo o Estado. O vereador sugeriu a antecipação da abertura do ano letivo em uma semana, mas em face da escala de férias dos professores, a sugestão não pode ser acatada.